31
Jan 10

Perto de 3800 portugueses com cancro estavam inscritos na lista de espera para cirurgia em Setembro, sendo a mediana de espera de 22 dias, menos 39 do que em 2006, revelou o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, escreve a Lusa.

No final do terceiro semestre de 2009, constavam 3797 doentes na Lista de Inscritos para Cirurgia, segundo dados do Sistema Integrado de Gestão de Inscritos para Cirurgia (SIGIC) avançados à Lusa esta quinta-feira, dia em que a ministra da Saúde, Ana Jorge, vai ao Parlamento explicar o estado da oncologia em Portugal, a pedido do PSD.

Em 2006, estavam inscritos 4334 doentes com cancro, número que desceu para 4320 em 2007 e para 4094 em 2008.

Menos tempo de espera

A mediana do tempo de espera para quem está inscrito na lista tem vindo a descer nos últimos quatro anos: em 2006 era de 61 dias, passou para 42 em 2007 e para 36 em 2008. O tempo recomendado é de quatro semanas.

«O que podemos realçar [dos dados] é que a 30 de Setembro de 2009, a mediana de tempo de espera era de 22 dias, o que quer dizer que a capacidade de resposta dos hospitais públicos melhorou muito», afirmou o secretário de Estado Manuel Pizarro.

Manuel Pizarro recordou que em 2005 a mediana de espera era de cerca de 80 dias: «Estamos a um quarto do tempo de espera que existia há quatro anos».

Além disso, acrescentou, a média do tempo de espera dos operados está nos 28 dias, contra os 36 em 2006.

«Mesmo que possa haver casos indesejáveis, de um ou outro doente, de um ou outro serviço que não tenha uma resposta tão pronta, no conjunto, os doentes estão a ter acessos nos mesmos tempos aos cuidados de tratamento cirúrgico do cancro», salientou.

Relativamente aos inscritos na lista para cirurgia, o secretário de Estado afirmou que é «um número que tende agora a ficar estabilizado» porque aumentou o número de cirurgias feitas nos hospitais públicos.

«Fizemos cerca de 30 mil cirurgias [29 727] em 2006, em 2008 um pouco menos de 40 mil [39 706] e em 2009 vamos ultrapassar as 40 mil cirurgias no serviço público, o que quer dizer que o acesso dos doentes tem aumentado», frisou.

Segundo os dados do SIGIC, entre 1 de Janeiro e 30 de Setembro de 2009 tinham sido operados 30 670 doentes.

Mais organização

Para o governante, «haverá uma altura em que o número de doentes não diminuirá mais, porque se trata do número de doentes previstos para três semanas de espera».

Sobre o que tem contribuído para estes resultados, o secretário de Estado referiu que, «apesar de haver muito trabalho a fazer e muitas áreas a melhorar, os hospitais estão melhor organizados e os profissionais de saúde têm feito um esforço adicional para responder às necessidades dos portugueses».

O grande desafio que agora se coloca é a reorganização dos serviços de oncologia, cujo plano está em discussão pública: «É o desafio de melhorarmos os diferentes modos de tratamento do cancro e não apenas a cirurgia».

publicado por maestrinavania às 15:15

28
Jan 10

A Liga Portuguesa Contra o Cancro recebe esta terça-feira um prémio europeu, em Bruxelas, pelas suas campanhas de informação sobre o cancro do colo do útero, escreve a Lusa.

O prémio, atribuído pela Associação Europeia Contra o Cancro do Colo do Útero (ECCA), é entregue no âmbito da semana europeia dedicada à prevenção daquela doença.

O prémio «Pérola da Sabedoria» distingue o projecto «Passa a Palavra» de sensibilização para o cancro do colo do útero e significa um «reconhecimento internacional da actividade muito grande» da Liga para «informar, sensibilizar e educar», disse à Lusa o presidente do Núcleo Regional do Norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro, Vítor Veloso.

Mais conhecimentos

«O conhecimento das mulheres portuguesas sobre a doença melhorou substancialmente», disse, afirmando que isso tem sido verificado com «sondagens e inquéritos».

«Esta campanha não pode acabar já, deve continuar nos próximos anos», afirmou, acrescentando que «falta ainda atingir melhor algumas camadas da população, nomeadamente as mais jovens».

As dificuldades em lá chegar devem-se em parte «à falta de meios», disse, recordando que a Liga «não tem ajuda do Estado».

Ainda no âmbito da 4.ª Semana Europeia de Prevenção do Cancro do Colo do Útero, que decorre até 30 de Janeiro, a ministra da Saúde, Ana Jorge, abre esta terça-feira, em Bruxelas, a cimeira que juntará várias organizações europeias dedicadas a combater a doença.

in tvi24

publicado por maestrinavania às 15:11

24
Jan 10

"Na semana passada fiz a minha primeira sessão de quimioterapia.
O meu Oncologista receitou-me um medicamento para os enjoos (SOS) que eu muito cautelosamente fui comprar à farmácia. Eram 13h30 e estava eu à porta da Farmácia para aviar a receita. Para espanto meu, percebo que a Farmácia fecha à hora de almoço. Ok. A solução era voltar uma hora mais tarde e assim o fiz.
Quando voltei pouco antes das 14h30 (hora de reabrir) esperei que a porta abrisse. Esperei e continuei a esperar até às 14h45.
E lá chegou uma senhora a falar ao telemóvel que devia estar a tratar de um
assunto muito importante porque a porta primeiro que abrisse ainda demorou mais uns cinco minutos.

Finalmente consegui entregar a receita à senhora da Farmácia. Confesso que o ar da senhora era no mínimo assustador. A receita (ainda a tenho comigo, assim como o recibo do remédio) tinha escrito METOCLOPRAMIDE.

Paguei e vim-me embora.

Durante esse dia e os seguintes, os tais sintomas de enjoos e náuseas provocados pela quimioterapia deitaram-me completamente abaixo. Fui mesmo obrigado a cancelar os espectáculos que tinha a norte do País.

Na sexta-feira fui ter com o meu oncologista para lhe pedir qualquer coisa que me aliviasse o mal estar. Ele assim o fez e receitou-me um outro remédio que comecei a tomar logo e que rapidamente começou a fazer efeito. No Sábado, Domingo e Segunda, voltei a sentir-me bem.

Hoje fui novamente ao Hospital para fazer a segunda sessão de quimioterapia e, qual não é o meu espanto, quando falava do meu estado e má disposição da semana passada e mostrava os comprimidos que andava a tomar, quando percebi que o remédio que eu andava a tomar para os enjoos não era para os enjoos mas sim para a Diabetes. Em vez
do tal METOCLOPRAMIDE, estava a tomar METFORMINA.

A senhora da Farmácia tinha-me, pura e simplesmente, dado um medicamento errado.

Não só passei vários dias a tomar um remédio que não me aliviava, como ainda por cima, me diminuía os níveis de açúcar no sangue!!!

Podia só ter tido um ataque de hipoglicemia.

Este texto é só um desabafo.

Agora saiam da frente que eu vou ali abaixo "TRATAR DA SAÚDE" à
senhora da Farmácia. Ou não fosse hoje o DIA MUNDIAL DA SAÚDE (LOL)"

Parece uma "Conversa da Treta" mas foi de verdade! Dá para acreditar?
Como é possível existir pessoas com tamanha incapacidade para o bom desempenho das suas funções profissionais? Em lugares como este não é suposto estar alguém de idoneidade comprovada para a função? Assim... não!!!! Sempre ouvi dizer que: - "com a saúde não se brinca"

Todo este engano e mais que se têm verificado, são em minha opinião por culpa dos médicos e dos políticos não só dos farmacêuticos.

Senão vejamos:

Porque carga de água  90%  dos médicos continuam a escrever aquela letra chamada de médico, que eu raramente entendo uma letra quanto mais uma palavra. Será que este tipo de escrita não pode enganar um farmacêutico, quando se trata de um medicamento com nome parecido como foi o caso desta situação?

Porquê os políticos não criam lei para que estes senhores sejam obrigados a escrever  letra bem legível ou até de imprensa para evitar situações gravíssimas  para os doentes.

Reenviem este e-mail para a maior gente possível para ver se tem algum eco na cabeça de quem nos governa.

publicado por maestrinavania às 09:44

20
Jan 10
No passado domingo recebi o seguinte e-mail...
"Cara Vania
Parabéns pela sua coragem e muito obrigada pelo seu comentário no site "Jovem com Cancro da Mama"!
Vamos realizar o 1º Encontro para JCM, no dia 23 de Janeiro, em Lisboa.
Gostariamos de saber se pode dar o seu testemunho como sobrevivente?
Atenciosamente
Sofia Abreu
Voluntaria do Movimento Vencer e Viver"
       Estive alguns dias tentada a ir, mas não me é possível deslocar até Lisboa neste momento, no entanto irei dar o meu testemunho à distância com o envio do mesmo.
       Isto para informar que no dia 23 de Janeiro de 2010 haverá o 1º Encontro para Jovens com Cancro da Mama no IPO de Lisboa.
       No links deste blog  poderá encontrar a ligação à pagina dedica às Jovens com Cancro da Mama ou clicar directamente em:
 
Programa Preliminar deste Encontro:
09:30
Inscrição e entrega da documentação
10:00
Abertura do Encontro
10:15 - 10:45
A Importância da Auto-Estima na Mulher com Cancro da Mama Dra. Ana Lúcia Costa - Psicóloga
10:45 - 11:15
Fertilidade e Maternidade A designar - Médico
11:15 - 11:45 Pausa para Café e Diálogo
11:45 - 12:15
Sexualidade e Cancro da Mama Prof. Ivone Patrão - Psicóloga
12:15 - 12:45
2 Testemunhos
12:45 - 13:00
Debate
13:00
Encerramento do Encontro
 
Muito obrigada pela iniciativa da realização deste tipo de eventos!
publicado por maestrinavania às 18:50

18
Jan 10

O cancro do pulmão mata 10 portugueses por dia e cerca de 3.500 por ano, revelou o presidente da Associação Nacional de Tuberculose e Doenças Respiratórias (ANTDR), Artur Teles de Araújo.

"Quer o tabagismo activo quer o passivo são responsáveis por 80 a 90 por cento de casos de cancro do pulmão", disse Teles de Araújo no primeiro dia da Feira do Pulmão, que decorre entre hoje e quinta-feira no Centro Comercial Colombo, em Lisboa, onde são feitos rastreios a doenças respiratórias.

    A Feira do Pulmão pretende alertar para a importância do rastreio no diagnóstico precoce das doenças do aparelho respiratório e, a julgar pela fila de interessados, a iniciativa parece agradar.

    A Lusa acompanhou o teste de José Fernandes, reformado, a quem hoje de manhã foi diagnosticada uma obstrução pulmonar.

    "Nunca me preocupei, mas como fui bate-chapas durante muitos anos estive exposto a tintas e fumos", disse José Fernandes, surpreendido com o resultado.

    "Ando muito a pé e danço três vezes por semana, por isso não percebo", confessou, mas admitiu sentir-se muito mais tranquilo com a entrada em vigor da nova Lei do Tabaco, que impede o fumo em recintos pequenos e fechados, que frequenta habitualmente.

    Para Artur Teles de Araújo, este é um de muitos casos que podem ser prevenidos e diagnosticados precocemente.

    “Os rastreios são fundamentais para o diagnóstico precoce e consequente tratamento atempado, pelo que é muito importante detectar em fase tratável”, caso se trate de uma doença pulmonar grave, explicou.

    O presidente da ANTDR salientou, também, que "o risco de cancro do pulmão tende a ser maior nas áreas urbanas devido a um maior número de fumadores e a uma maior poluição atmosférica".

    Instado a fazer um prognóstico para os próximos anos, numa altura em que os números merecem alguma atenção, Teles de Araújo não é optimista, referindo que "a incidência das doenças respiratórias tem vindo a aumentar nos últimos anos e essa tendência vai acentuar-se nas próximas décadas".

    Defendeu, neste âmbito, a importância da acessibilidade da população a este tipo de testes, mas reconheceu que os centros de saúde em Portugal ainda "não têm capacidade de resposta" para que se aposte na prevenção.

    Até quinta-feira aqueles que se dirigirem à Feira do Pulmão poderão realizar, gratuitamente, rastreios a alergias, Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC), micro-radiografias e espirometrias, entre outros.

    A feira inclui ainda áreas dedicadas à informação sobre prevenção das doenças, desabituação tabágica, avaliação e ensino do asmático, ensino do doente com DPOC, oxigenoterapia e ventiloterapia domiciliárias.
Lusa / AO online
publicado por maestrinavania às 23:49

16
Jan 10

Nos últimos tempos tem-se se registado no Hospital do Divino Espírito Santo (HDES) de Ponta Delgada uma ligeira tendência de crescimento de casos de cancro, segundo indicou ao Açoriano Oriental, Luís Dias, responsável pela Unidade de Oncologia Médica.

Um cenário que, de acordo com o especialista, “era esperado”, considerando que “a população no arquipélago está a envelhecer”.

Ainda assim e no que respeita aos tratamentos médicos de oncologia, Luís Dias diz não existirem problemas de maior na resposta a dar aos pacientes, não existindo, a esse nível, uma lista de espera.

Já no que concerne aos tratamentos que impliquem radioterapia, o profissional de saúde do HDES sustenta que é graças ao protocolo estabelecido com uma unidade do território continental que permite “dar respostas em alguns dias”.

Uma situação que só irá ser alterada com a abertura do Centro de Radioterapia de Ponta Delgada, previsto para o próximo ano.

Entretanto, foi esta quinta-feira lançado o Portal de Oncologia Português com o objectivo de transmitir informação correcta e actualizada sobre tipos de cancro, prevenção, diagnósticos e tratamentos.
publicado por maestrinavania às 23:48

14
Jan 10

Helena Ranha lança o livro “Por Ti Mariana”

A autora pretende com este livro ajudar aos pais a lidarem com as doenças graves dos filhos, sem ter que tirar o verde da Esperança nem o colorido da vida.
Este livro é também um projecto de solidariedade para com Acreditar - Associação de Pais e amigos das crianças com Cancro.

Toda a receita do lançamento reverte integralmente para esta Associação, todos os restantes livros vendidos ao público terão um contributo de dois euros por livro para a mesma Associação.

 

in Açoriano Oriental.

 

Eu já comprei e você?

publicado por maestrinavania às 23:07

11
Jan 10

Um pequeno pedido .. Apenas uma linha  
Querido Deus, eu rezo pela cura do cancro. Amém.

Tudo o que está convidado a fazer é manter esta mensagem em circulação.
Mesmo que seja apenas mais uma pessoa.
Em memória de alguém que não tenha sobrevivido a um cancro ou ainda vive com ele.
Uma vela nada perde pela iluminação...
Por favor, mantenha esta vela circulando.

 

publicado por maestrinavania às 15:13

07
Jan 10

publicado por maestrinavania às 15:59

comentários recentes
è com tristeza que informo que a sara faleceu no p...
Olá!Sou estudante do mestrado em Psicologia Clínic...
Ola vânia!!!Antes de mais quero-te desejar muitas ...
Párabens Vânia, a tua fé conseguiu ultrapassar tod...
olá parabéns pelo destaque e pelo blog pois nunca ...
Olá Vânia , boa noite. Como isso?É com imenso ...
A tua coragem e a tua Fé são exemplo para todos nó...
Estás de parabéns. Realmente consegues dar imensos...
Passei por cá só para te dizer que mesmo sem te co...
Parabéns amiga. Continua assim uma grande mulher l...
ESTÁS DE PARABÉNS POR ESTE BRILHANTE TRABALHO...SÃ...
olá vânia.este blog está muito engraçado e acho qu...
Tens toda a razão, pensamos sempre que é só aos ou...
Amiga o teu blog ta muito fixe...só uma pessoa com...
Olá amiga! Muitos parabéns. O blog está muito bem ...
pesquisar neste blog
 
mais sobre mim