24
Set 09

A 10 de Setembro de 2009 esta foi a notícia da Sic no que diz respeito ao cancro.

 

Ana Jorge falava no final de uma sessão de apresentação de investimentos no Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN), realizada no Hospital de Santa Maria, cujo montante global ascende a 30 milhões de euros no período 2008 - 2011, no âmbito da "aposta estratégica" do Serviço Nacional de Saúde para o diagnóstico e tratamento do cancro.

Durante a apresentação, a ministra sublinhou também como medida positiva, na área da prevenção, a disponibilização às jovens da vacina contra o vírus que causa o cancro do colo do útero.

O cancro é um dos principais problemas de saúde das sociedades actuais, onde o aumento da esperança de vida tem sido acompanhado de um aumento progressivo das doenças oncológicas, que assumem já o segundo lugar nas causas de mortalidade, facto igualmente recordado pela ministra na sua intervenção.

Redução do tempo de espera

Segundo a ministra, esta realidade foi acompanhada nos últimos anos por "um progressivo aumento na capacidade de tratamento e redução no tempo de espera para cirurgia".

De acordo com a directora do Serviço de Radioterapia do Centro Hospitalar Lisboa Norte, Isabel Monteiro Grilo, entre 2005 e 2009 duplicou o número de novos doentes e as consultas também cresceram, prevendo-se que, este ano, atinjam as 19.000.

O director do Serviço de Hematologia deste centro hospitalar, Alves do Carmo, indicou, por seu lado, que entre Maio de 1989 e Agosto último foram realizados 864 transplantes de medula.

O CHLN junta o Hospital de Santa Maria e o Hospital Pulido Valente, sendo considerado um dos maiores centros de diagnóstico e tratamento do cancro em Portugal.

Equipas, equipamentos e instalações

Neste sentido, foi decidida uma aposta nas equipas, nos equipamentos e instalações, em parceria com a Faculdade de Medicina e o Instituto de Medicina Molecular, no âmbito do desenvolvimento do Centro Académico de Medicina de Lisboa que está "praticamente constituído" e representa "um exemplo que devia ser exportado para outras regiões do país".

"A formação dos médicos não termina nunca. Faz parte do que é a nossa profissão", declarou Ana Jorge.

Já em Agosto, o secretário de Estado da Saúde, Manuel Pizarro, adiantara que o número de utentes inscritos nas listas de espera para cirurgias a neoplasias malignas (cancro) diminuiu de 4094, em 2008, para 3613 no primeiro semestre deste ano (menos 13,1 por cento) tal como o tempo médio de espera, que passou de 36 para 27 dias no mesmo período.

publicado por maestrinavania às 08:47

comentários recentes
è com tristeza que informo que a sara faleceu no p...
Olá!Sou estudante do mestrado em Psicologia Clínic...
Ola vânia!!!Antes de mais quero-te desejar muitas ...
Párabens Vânia, a tua fé conseguiu ultrapassar tod...
olá parabéns pelo destaque e pelo blog pois nunca ...
Olá Vânia , boa noite. Como isso?É com imenso ...
A tua coragem e a tua Fé são exemplo para todos nó...
Estás de parabéns. Realmente consegues dar imensos...
Passei por cá só para te dizer que mesmo sem te co...
Parabéns amiga. Continua assim uma grande mulher l...
ESTÁS DE PARABÉNS POR ESTE BRILHANTE TRABALHO...SÃ...
olá vânia.este blog está muito engraçado e acho qu...
Tens toda a razão, pensamos sempre que é só aos ou...
Amiga o teu blog ta muito fixe...só uma pessoa com...
Olá amiga! Muitos parabéns. O blog está muito bem ...
pesquisar neste blog
 
mais sobre mim